quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A EDUCAÇÃO ESPERANCENSE


Educar sempre foi uma das preocupações fundamentais da humanidade. Em todas às épocas, em todas as culturas, os dirigentes sempre dedicaram especial atenção à educação da juventude. Segundo o advogado João de Deus Melo, o primeiro professor de Esperança foi o senhor José de Morais Magalhães, e prova disso é que há uma procuração no Cartório Público de Alagoa Nova, de onde pertencia Esperança, passada em Janeiro de 1872, por José de Morais Magalhães, professor de instrução primária, morador na povoação de Banabuié, pela qual ele constituía com seus procuradores na Capital e da Província aos Senhores Pedro Morais Magalhães, Capitão Belarmino Ascêncio Cavalcanti de Albuquerque, para que eles recebessem os seus vencimentos. No ano de 1885, dona Aurora Maria Albuquerque Lima, era professora interina da cadeira de instrução primária do ensino misto, segundo consta de uma Procuração que a mesma passou a José Ferreira de Novais, para receber da Tesouraria Provincial os seus vencimentos.
Em 23/04/1918, pelo decreto Lei nº 9 926, era criada uma cadeira masculina de Instrução Pública pelo Governo do Estado; em 02/04/1919, o Decreto Estadual nº 1.012 converte a cadeira feminina de Instrução Pública.
O Decreto Estadual nº 1.468, de 22/02/1927, cria uma cadeira elementar de instrução. A Paróquia de Esperança há muitos anos vem mantendo uma escola paroquial para crianças pobres. Em 01/06/1931, Luiz Gil de Figueiredo prestou compromisso de cargo de professor da cadeira noturna do sexo masculino, já então nomeado em caráter efetivo em 26 de Maio. Nessa mesma data, prestou o compromisso à professora noturna do sexo feminino Celina Coelho de Carvalho; igualmente Jacyra Câmara de Araújo prestou o compromisso de professora rudimentar rural de Lagoa Verde; Izabel Henrique da Silva prestou o compromisso de cargo efetivo de professora da cadeira rudimentar rural de Arara, e Alzira Carmem de Araújo, para Lagedão, nomeadas pelo interventor Federal Antenor Navarro. Também Nair Passos Silva para o Pintado; Amélia Torres para a Mulatinha; José Cerqueira Rocha prestou compromisso para Adjunto Interino da Cadeira do sexo masculino da Vila, em 1º de Junho, Elvira Lima, para Lagoa de Pedra.
Em 16 de Outubro desse ano, Hilda Cerqueira Rocha prestou compromisso para o cargo de Adjunta da Cadeira elementar mista da Vila. Anteriormente, Ana Gabínio de Carvalho assumiu a Cadeira Elementar do sexo feminino da Vila. Em 03/03/1927, Lídia Fernandes, tomou posse do cargo de regente da Cadeira mista desta Vila, nomeada pelo Mons. Milanez, então Diretor da Instrução Pública do Estado.
Em 19 de Abril de 1928, Rachel Cunha tomou posse no cargo de Adjunta da Cadeira Mista. Em 19 de Março de 1929, Nauta Costa prestou o. compromisso para o cargo de Adjunta da Cadeira Elementar Mista. Em 13 de Abril de 1931, Luiz Gil de Figueiredo assumiu o cargo de Adjunto interino da Cadeira do sexo masculino.
A Educação no Município nos tempos mais remotos contam os antigos alunos, era das mais rígidas, severas. As exigências eram relevantes. Os professores eram exigentes e caprichosos, dedicados, eficientes; os alunos tinham que aprender. Era padrão de professores.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

O PLANETA PEDE SOCORRO

Veja só minha gente
Preste muita atenção
O planeta pede socorro
é o que grita a nação.

Fábricas e grandes empresas
causadores principais
destrói o meio ambiente
e o os nossos animais.

A poluição está em alta
causando destruição
formando as chuvas ácidas,
que destrói a vegetação.

O aqauecimento global,
aumenta o nível do mar,
destrói nossas geleiras,
e agora, onde isso vai parar?

O causador disso tudo
é o próprio ser humano,
poluindo nosso planeta,
e a nossa água acabando.

O planeta pede socorro,
a água está contaminada,
o ar está poluido
e ninguém faz nada.

Esta história pode mudar,
depende dos nossos atos,
vamos unir nossa gente.
Terminado com os desacatos.
Nossos rios correm água,
faz brotar a plantação.
A vida só continuará
depende da conscientazição.

Atençào minha gente,
Aqui fica um recadão,
Diga não o desperdício,
e promova a preservação.

escrito por , Roberta, Maria Gabiella, Chirlene, Evellyn e Jaqueline Costa. Alunas do 9 ano da Escola Municipal Dom Palmeira.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

RIO 2016?

O Brasil conseguiu a vaga para sediar as Olimpiadas de 2016. Com muito brilhantismo, e uma luta de praticamente dois anos, pela primeira vez na América Latina, será a sede dos Jogos Olimpicos. A festa começou grandes investimentos em construção de Vila Olímpica, toda a infraestrutura, que é para sediar os jogos. Mas espero que não esqueça de treinar e escolher os melhores atletas do nosso país.
O governo tem que investir nas escolas é onde se garampa os grandes atletas, mas como se a maioria das escolas não tem quadras esportivas, pistas de atletismo e piscinas.
Para resvolver todos esses problemas, terá de ser feito um pacto, do mesmo jeito que foi feito para se trazer os jogos, o governo federal, os governos estaduais e os governos municipais. Se faremos a festas para os outros países levarem a maioria das medalhas. precisamos acabar com o analfabetismo, e o analfabetismo funcional, onde 64 por cento da população brasileira estão classificadas nestas categorias. Espero que os nossos governantes saibam fazer a festa completa, como fez a China e outros países que promoveram estes jogos.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

UM SONHO DE UMA VIDA MELHOR

Eu como todo mundo, tenho um sonho. Todos buscam realiza-lo. Muitos tentam poucos conseguem. Mas na realidade o que falta e a vontade de fazer com que um simples pedido de criança se transforme em um sorrizo.
Sou uma pessoa que busco sim, fazer de minha liberdade, que na realidade na passa de ficção, se torne uma reflexão de sussego sem nenhum tipo de lembranças ruins. Só que eu quero guardar na minha memória os momentos em que ri, brinquei, cantei, orei. Faço sim todo o que que for possível para me aguengtar de pé, isso graças a duas pessoas. Deus e minha mãe. Duas pessoas que eu privilegio na minha vida, apenas elas sabem o que eu sinto. O meu sonho é um dia seguir a carreira de jogadora de futebol, é uma coisa que eu não vou abrir mão. Mesmo sabendo das dificuldades que vou enfrentar, quero levar meu objetivo adiante.
Faça como eu crie seu objetivo e tente fazer que ele flua em vôcê.

Patricia Miguel (aluna do 9 ano da Escola Dom Palmeira)

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

ORIGEM DE ESPERANÇA

História de Esperança originou-se de uma aldeia dos índios Banabuié, da tribo dos Cariri ou Tapuias (que a princípio viam no litoral paraibano, mas com quando da chegada dos Potiguara (foram expulsos e fugiram para o interior), cuja aldeia subsistiu até o início do século XVIII, quando então foram dominados pelos portugueses e a partir daí, passaram a viver harmoniosamente em miscigenação.
Cariri ou tapuia (estranho) ou língua travada - ramo dos tapuias. Ao serem expulsos do litoral, e ao se fixarem no interior, dividiram-se em tribos: Sucurus, Bultrins, Ariús ou Árias, Pegas, Panatís, Coremas, Icós e Banabuié. Eram atrasados e viviam da caça e pesca. Eram nômades. Não se preocupavam muito com a agricultura. Eram altos, mais altos que outras tribos com os potiguaras e os tabajaras. E tão velozes, que poderiam desafiar um cavalo.
Furavam também o lábio inferior, as bochechas e as orelhas. Colocavam nos furos pedras bonitas, osso ou madeira. Dormiam também em redes, aliás, redes enormes. Andavam nus. As mulheres eram muito bonitas e obedientes aos seus maridos.
Eram ferozes. Não tinham nenhuma noção de Deus. Tinham também os seus feiticeiros ou pagés. Esses invocavam o espírito de um tapuia e resolviam com o espírito os problemas da tribo. Cada tribo tinha o seu rei. Janduí era o rei da Nação Cariri que ocupava parte da Paraíba e Rio Grande do Norte. Sabe-se também que existiam os reis Carapoto e Caracará (irmão de Janduí). Os reis eram distinguidos dos demais, pois tinha os seus cabelos cortados em forma de coroa e só eles podiam deixar crescer as unhas dos polegares.
Os seus costumes são considerados mais exóticos do que os dos potiguaras e tabajaras. Praticavam a eutanásia. Se um tapuia estava mal e para ele não havia cura, matavam-no e o comiam. O morto não podia ser melhor guardado do que dentro deles, seus companheiros. Se o rei morria, só os seus parentes e principais da tribo podiam comê-lo. Esse ato não é considerado a antropofagia que outros índios praticavam com os inimigos, mas um ato de amor. Ao comerem seus mortos, eles choravam e se lamentavam.
Quando os rapazes estavam na idade de casar iam cantar ao redor do acampamento. As moças também cantavam e dançavam e nesse grupo fazia a sua escolha amorosa. Também, como na nação tupi, os rapazes eram submetidos a provas duras. O rei os convocava para caçadas, exercícios pesados além de os treinarem para serem valentes guerreiros. As mães educavam as filhas e eram responsáveis pela castidade das mesmas.
Gostavam muito de caju. Há historiadores que designam os índios como preguiçosos e pusilânimes. O certo é que não sabemos em que se basearam tal conceito. Nossos índios sempre foram dados a guerras e as armas, mas também tinham o espírito livre e não gostavam quando eram feitos prisioneiros. Tinham nascido na selva e este era seu lugar.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

EUA: um país por 1,6 bilhão de dólares

Em números atuais, esse foi o valor que os Estados Unidos pagaram para ampliar seu território em 11 vezes
por Patrícia Junqueira
Em 1803, o presidente americano Thomas Jefferson (1743-1826) enviou representantes à França para comprar a cidade de Nova Orleans. Eles ofereceram 10 milhões de dólares. Com mais 5 milhões, levaram toda a colônia francesa da Louisiana. Essa foi a primeira aquisição de terras feita pelos Estados Unidos (formado, até então, pelas 13 colônias que declararam independência em 1776, mais uma área tomada da Inglaterra em 1783). Nos anos seguintes, os americanos gastaram 1,6 bilhão de dólares (em valores de 2009) para chegar ao tamanho atual.

"Em apenas seis décadas, os Estados Unidos multiplicaram seu território em 11 vezes", afirma o historiador americano Sean Purdy, professor da Universidade de São Paulo. Com o intenso crescimento populacional da época, o país precisava de espaço. Além disso, a partir de 1820, as potências européias começaram a fazer planos de reocupar suas antigas colônias na área. Foi quando o presidente James Monroe (1758-1831) criou a doutrina da "América para os americanos", segundo a qual a Europa não poderia mais interferir no continente.

Essa fase de expansão foi freada pela Guerra Civil (1861-1865). "Depois do conflito, as empresas e o governo encontraram formas de conquistar consumidores sem anexar territórios", diz Rachel St. John, historiadora da Universidade de Harvard. Apesar disso, os americanos ainda tentaram, sem sucesso, tomar outras partes do México e do Canadá. Foram compradas as Filipinas (hoje independentes) e as Ilhas Virgens (ainda americanas). Outros países, como as Ilhas Marshall e Porto Rico, agora são considerados "associados".


A América vai às Compras
Como foi a anexação de cada território que hoje faz parte dos EUA. Cessão Mexicana. Dono anterior: México
Anexado em: 1848
Como foi: Em guerra com os mexicanos desde 1846, os Estados Unidos tomam a capital. Para evitar a anexação completa, os derrotados cedem terras.Valor pago: 18,25 milhões de dólares (ou 480 milhões atuais).

Alasca
Dono anterior: Rússia. Anexado em: 1867. Como foi: Os russos ofereceram o território aos americanos em 1859, mas a Guerra Civil adiou a compra em oito anos. Valor pago: 7,2 milhões de dólares (que hoje valeriam 101 milhões).

Compra Gadsden

Dono anterior: México. Anexado em: 1853. Como foi: Parte de um acordo para construir uma estrada de ferro, serviu para encerrar uma discussão de fronteiras. Valor pago: 10 milhões de dólares (270 milhões no presente).

Louisiana
Dono anterior: França. Anexado em: 1803. Como foi: Napoleão Bonaparte (1769-1821) vendeu toda a colônia (que hoje abarca terras de 15 estados americanos). Valor pago: 15 milhões de dólares (273 milhões de dólares atuais).

Flórida
Dono anterior: Espanha. Anexado em: 1819

Como foi: Para acabar com as tensões no Caribe, espanhóis e americanos assinaram o Tratado de Adams-Onís, que redefiniu as fronteiras da região. Valor pago: 5 milhões de dólares (hoje, 82 milhões de dólares).

Ilhas Virgens Americanas
Dono anterior: Dinamarca. Anexado em: 1917. Como foi: Essencial para a defesa do canal do Panamá, foi comprada pouco antes de os americanos entrarem na Primeira Guerra. Valor pago: 25 milhões de dólares (403 milhões em 2009).

Bons negócios
Pode não parecer, mas o investimento saiu barato. Total atualizado: US$ 1,6 bilhão

Esse valor compra...
. 7 mil carros Ferrari
. 5 aviões Superjumbo
. 36 iates de luxo

... Mas é pouco perto do patrimônio de:
1 Bill Gates = 35 EUA
1 Oprah Winfrey = 1 EUA
1 Antônio Ermírio de Moraes = 6 EUA

terça-feira, 4 de agosto de 2009

SABEDORIA CANINA

Você já se imaginou agindo com a Sabedoria Canina? A vida teria uma perspectiva muito mais amistosa.
Tente:
1. Nunca deixe passar uma oportunidade de sair para um passeio.
2. Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-la(o).
4. Quando houver a necessidade partique a obediência.
5. Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território.
6. Sempre que puder tire uma soneca e se espriguice antes de se levantar.
7. Corra, pule e brinque diariamente.
8. Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando tiver satisfeito.
9. Seja sempre leal.
10. Nunca pretenda ser algo que você não é.
11. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontar.
12. Quando aluguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio, sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo(a).
13. Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo(a).
14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
15. Nos dias mornos, deita-se sobre a grama.
16.Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa.
17. Quando estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
18. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que não tiver e não fique amuado... corra.
19. Alegre-se com o simpes prazer de uma caminhada.

Autor desconhecido.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Resultado da Enquete da Chegada do Homem a Lua

1. A
2. C
3. D
4. C
5. B
6. B
7. D
8. A

NOVE DICAS PARA USAR BEM A TECNOLOGIA

1. O INÍCIO - Se você quer utilizar a tecnologia em sala, comece investigando o potencial das ferramentas digitais. Uma boa estratégia é apoiar-se nas experiências bem-sucedidas de colegas. 2. O CURRÍCULO - No planejamento anual, avalie quais conteúdos são mais bem abordados com a tecnologia e quais novas aprendizagens, necessárias ao mundo de hoje, podem ser inseridas.
3. O FUNDAMENTAL - Familiarize-se com o básico do computador e da internet. Conhecer processadores de texto, correio eletrônico e mecanismo de busca faz parte do cardápio mínimo.
4. O ESPECÍFICO - Antes de iniciar a atividade em sala, certifique-se de que você compreende as funções elementares dos aparelhos e aplicativos que pretende usar na aula.
5. A AMPLIAÇÃO - Para avançar no uso pedagógico das TICs, cursos como os oferecidos pelo Proinfo (programa de inclusão digital do MEC) são boas opções.
6. O AUTODIDATISMO - A internet também ajuda na aquisição de conhecimentos técnicos. Procure os tutoriais, textos que explicam passo a passo o funcionamento de programas e recursos.
7. A RESPONSABILIDADE - Ajude a turma a refletir sobre o conteúdo de blogs e fotologs. Debata qual o nível de exposição adequado, lembrando que cada um é responsável por aquilo que publica.
8. A SEGURANÇA - Discutir precauções no uso da internet é essencial, sobretudo na comunicação online. Leve para a classe textos que orientem a turma para uma navegação segura.
9. A PARCERIA - Em caso de dúvidas sobre a tecnologia, vale recorrer aos próprios alunos. A parceria não é sinal de fraqueza: dominando o saber em sua área, você seguirá respeitado pela turma.

Fontes: Adriano Canabarro Teixeira, especialista de Educação e tecnologia da UFRGS, Maria de Los Dolores Jimenez Peña, professora de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Da Universidade Mackenzie, e Roberta Bento, diretora da Planeta Educação.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Professores sem Licenciatura Plena

Estarão abertas até o próximo dia 07 de agosto de 2009 a pré-inscrição para professores que estão em sala de aula e não tem licentura, ou para aqueles que estão fora de sua área de atuação e querem fazer a segunda licentura. A pré-inscriçao será feita na Secretaria de Educação. A iniciativa é Ministério da Educação através da Plataforma Freire. Os cursos serão a distância mas também com aulas presenciais. Serão ministrados na Paraíba pela UFPB, UFCG, e os Institutos Federais de Educação.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Aconteceu no último dia 21

Realizou-se na última terça-feira (21) no auditório da Esscola Municipal Dom Manoel Palmeira em Esperança o I Fórum Intermunicipal em Defesa da Criança e do Adolescente e a III Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. No qual participaram representantes dos municípios de Esperança, Areial e Montadas.
A abertura oficial do evento foi com o Hino Nacional Brasileiro. Houve a apresentação do grupo de pifanos da Escola Municipal Joseja Pinheiro e de um Grupo de Hip Hop.
Em seguida a abertura do evento foi feita pela Secretaria de Educação de Esperança Marilene Diniz, que é também presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Usou tambem da palavra a Juiza da 2 Vara de Esperança Lua Yamaoka Mariz, responsável pela Vara da Criança e do Adolescente. Em seguida foi a vez do prefeito municipal Nobson Pedro usar da palvara, no qual agradeceu a todos os presentes e desejou felicidade e bons trabalhos.
Em seguida foi inicida a palaestra com a Dra. Klebia Maria, que em sua explanação enfocou a Exploração da Trabalho Infantil Domestico. Em seguida foi a vez da Dra. Soraya Escorel, enfatizar o Bullying Escolar.
A tarde foi a vez das oficinas com diversos temas relativos ao evento.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Você sabe tudo sobre a chegada do homem a Lua. Hoje comemora 40 anos de sua chegada ao nosso satélite. Então responda estas perguntas?

1. Qual era o nome do módulo de pouso da Apollo 11:
a) Eagle (águia)
b) Hawk (falcão)
c) Archangel (arcanjo)
d) Freedom (liberdade)

2. Um dos três austronautas da missão não pôde pousar na superfície lunar. Seu nome é:
a) Gus Grison
b) Yuri Gagarin
c) Michael Collins
d) Neil Armstrong

3. Em sinal de paz, oa austronautas da Apoll 11 deixaram na Lua um réplica do galho de uma árvore. Essa árvore era:
a) Um carvalho
b) Uma cerejeira
c) Uma oliveira
d) Uma paineira

4. Pelo mesnoduas cerimônias religiosas aconteceram durante as missões Apollo. Foram elas:
a) Um bas-mitzvá e uma leitura do Corão
b) Uma leitura da Biblia e uma comunhão presbiteriana
c) Uma leitura da Biblia e uma comunhão católica
d) Entoação de mantras e resa do Rosário.

5. A NASA, aliás, foi processada por essas cerimônias. O precesso veio:
a) De um judeu ultra-ortodoxo.
b) De uma americana teia.
c) De associação de direitos civis
d) Da Igreja Católica.

6. O presidente americano que propôs a ida à Lua e o que conluiu o projeto são, respectivamente:
a) John Kennedy e Lindon Jonhson
b) Lindon Jonhson e Jimmy Carter
c) Ronald Reagan e Jemmy Carter
d) John Kennedy e Richard Nixon

7. O pouso dos austronautas da Apollo 11 na volta à Terra aconteceu:
a) No Oceano Pacífico
b) Na Floresta Mexicana
c) Nas Montanhas Rochosas
d) No deserto da California

Respostas no comentário. Resultado final dia 24 de julho de 2009.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

POR QUE A SIGLA DOS ESTADOS UNIDOS É EE.UU EM ESPANOL?

A regra de duplicação das iniciais deve-se a uma norma da Real Academia Espoñola para indicar , o plural com a repetição das letras. Embora a instituição não estabeleça regras rígidas para abreviaturas, é o que ocorre com EE.UU para Estados Unidos, RR.PP para Relaciones Públicas (Relações Públicas em português), RR.HH para Recursos Humanos, FF.AA para Fuerzas Armadas (Forças Armadas em português) e FF.CC para ferrocarrilles (ferrovia, em português)

Consultoria José Pablo Zatti, professor de Espanhol do Senac de São Paulo.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

SAUDAÇÕES

Toda saudação deve basear-se em pensamentos de paz e alegria.
Pense no seu contetamento quando alguém lhe endereça palavras de afeto e simpatia, e faça o mesmo para com os outros.
Mobilize o capital do sorrizo e observerá que semelhante investimento lhe trará precioso rendimento de colaboração e felicidade.
Uma frase de vontade e compreesão opera prodígios na construção do êxito.
Auxilie aos familiares com sua palavra de entendimento e esperança.
Se você tem qualquer mágoa remanescendo de véspera, começe o dia à maneira do Sol: esquecendo a sombra e brilhando de novo.
Autor desconhecido.

terça-feira, 7 de julho de 2009

PÉROLAS DO DOM PALMEIRA (PARTE I)

Prepare-se para ler algumas palavras escritas em "português" , pelos alunos da Escola Dom Palmeira. Isto é fruto da falta de leitura e atenção parte por dos alunos. Nós professores temos um pouco de culpa pela situação em que se encontra os nossos alunos. Mas sozinhos não podemos fazer nada, pois precisamos urgentemente da ajuda da família. Sem esta parte da engrenagem a escola não funciona. Ultimamente a família está praticamente ausente. Quando vem a escola é para dizer que não tem tempo e que precisa ir embora , pois tem outros afazeres e que já perdeu muito tempo. De que é o filho(a)? De que é o interesse? Será que a escola tem que ficar sozinha?
Eis alguns nomes, se pode ser chamado de nome:
America Anglu-saquisônica
havaleia
Consentrasse
interece
America Latinha
IDH é um aparelho uzado para calcular
A America Central faz parte da frança
Foram ficando mais grande
Clima quente orizontal
IDH -Indicie de Direitos Umanos
Baixa acinada
baixoacinado
idedisação
Acembleia
resoveu
gerra
baixoacinado
Indisi
Aguardem a parte II.

sábado, 4 de julho de 2009

NAMORADINHA DA AMÉRICA

Jacqueline Kennedy (1929-1994) foi reverenciada como uma verdadeira rainha. Linda, elegante, inteligente, ela ditava moda e costumes. Foi fundamental na ascensão política de John Kennedy. Antenada com a moda parisiense. Jackie sabia se vestir, mas tanto requinte teve que ser levado com certa parcimònia. Para não causar mal-estar entre suas conterrâneas, substituiu metade de seu guarda-roupas. exclusivamente francês, por modelitos americanos, tal qual seu vestido de noiva, confeccionado no Alabama pela estilista Ann Lowe. Poliglota. Jackie abalou país quando acompanhou o marido em um encontro com Charles de Gaulle Os noticiários franceses diziam que John e que a estava acompanhando. Sua figura desolada no funeral do marido comoveu a nação. Permaneceria comovendo se não tivesse se casado com Aristóteles Onassis, cinco anos depois. Foi o inicio do fim de "realeza" de Jackie. que acabaria de vez durante um banho de sol, quando um paparazzo a flagrou totalmente nua. As fotos vieram a público em 1975. A mídia passou a chamá-la de Jackie O. Naquele mesmo ano, Onassis faleceu. Herdeira de outros milhões de dólares, ela envelheceu discreta, com suas próprias lembranças, lembrada ora como uma Kennedy, ora como Jackie O.

Texto extraído da revista Aventuras da História para vijar (Junho de 2009)

sábado, 27 de junho de 2009

DIZER QUE O ALUNO NÃO APRENDE

"Nasceu gente, é inteligente." Essa máxima de Jean Piaget (1896-1980) resume bem quão absurdo é considerado um estudante incapaz de aprender. Diante das dificuldades de aprendizagem, o professor deve investigar o que impede a compreensão do conteú do. Esse é um dos desafios de quem educa: descobrir maneiras diferentes de ensinar a mesma coisa, já que os estudantes têm ritmos e historicos variados. Também é papel do educador questionar sobre a abordagem do conteúdo. Ela despertou para curiosidade? O indivíduo encontrou encontrou utilidade no que foi apresentado? É com base nessas indagações (e nas respostas) que o professor deve pensar como expor o tema, que atividades propor e como avaliar. Ainda assim, todos têm o direito de perguntar o que não entenderam quantas vezes quiserem, sem medo de ser rotulados, ameaçados ou castigados. Os alunos precisam acreditar que o educador gosta de ensinar e, mais do que isso, saber que está cumprindo sua função. Nas séries iniciais, é comum (normalissímo) encontar crianças com dificuldades de aprendizado. Classificar tais dificuldades como dislexia, por exemplo não representa o melhor caminho. Também é f'ácil ver estudantes mais aptos para algumas disciplinas, mas nem por isso é correto classificá-los como incapazes em relação aos outros. todos podem desenvolver suascapacidades intecetuais e c ognitivas. É a ação do professor que faz a diferença.
Esther Pilar Grossi, professora e fundadora do Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação (Geempa).

sábado, 6 de junho de 2009

quarta-feira, 3 de junho de 2009

UM POUCO DA HISTÓRIA DE ESPERANÇA

Os primeiros habitantes da região, foram os índios Cariris. Na época, apenas um reservatório de água potável, construido polos próprios índios, deu origem ao hoje tanque do Araça. Neste local, um português chamado Marinheiro Barbosa, construiu a primeira casa, precisamente na Beleza dos Campos, hoje rua Barão do Rio Branco, e cujo português apossando-se de toda área então despovoada, deu início a hoje cidade de Espe'rança.
Posteriormente, chegaram mais portugueses, desta feita, os irmãos Antônio, Laureano e Francisco Diniz que construíram três casas na hoje avenida Manoel Rodrigues de Oliveira, tendo em uma dessas casas sido celebrada a primeira missa por Frei Venâncio, o primeiro missionário a chegar aqui.
O primeiro nome de Esperança, Banabuié, teve origem numa fazenda de currais, em 1860. Nesse mesmo ano, o Frei Venâncio fundava a Capela de Nossa Senhora do Bom Conselho, hoje ainda padroeira de nossa cidade, e no mesmo lugar onde se encontra edificada a Igreja Matriz. A freguesia de Esperança, cujo primeiro vigário foi o Padre Francisco de Almeida, foi criada em 20 de maio de 1908.
Em 1 de dezembro de 1925, após um grande trabalho feito pelo Coronel Elísio Sobreira, Esperança foi politicamente emancipada, através do decreto-lei n 624, desmembrando-se do município de Alagoa Nova, tendo si nomeado o seu primeiro prefeito Manoel Rodrigues de Oliveira e seu vice Teotônio Tertuliano da Costa, cujo compromisso foi prestado perante o juiz de termo, Dr. João Marinho da Silva, no edifício sedo do Paço Municipal.

terça-feira, 2 de junho de 2009

SUGESTÃO DE LIVRO

Heroína de Guerra (Rosa de Stalingrado)
Valérie Bénaim e Jean-Claude Hallé.
Editora Record; 462 (R$ 59 ,00)
Na Segunda Guerra Mundgial, Liliana Litvak, uma piloto russa de 19 qnos derrubou 12 aviões alemães. Durante uma dessas batalhas, desapareceu. A bordo de seu avião decorado com pequenas rosas, Liliana tornou-se heroína e símbolo de coragem feminina. Essa biografia levemente romanceada recupera episódeos marcantes de sua vida, como o dia em que um avião alemão, sozinho, aproximou-se da base russa a fim de lançar uma rosa à tenente.

domingo, 31 de maio de 2009

FRASES

"Aproveite cada minuto de sua vida, porque cada minuto pode ser uma eternidade".
"O estudo é a luz da vida. Estude! não economize essa energia".

FRASES

"Aproveite cada minuto de sua vida, porque cada minuto pode ser uma eternidade".
"Porque havemos de odiar e desprezar nossos inimigos, se nesse mundo há lugar para todos".

sexta-feira, 29 de maio de 2009

BULLYING EXISTE?

O termo Bullying corresponde a todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetitidas, que ocorre sem motivação evidente adotadas por um ou mais estudantes contra outro(a), causando dor e angústia e executadas dentro de uma relação desigual de poder.
Por não existir uma palavra na na língua portuguesa capaz de expressar todas as situações do Bullying, relacionamos algumas ações que podem estar presentes: colocar apelidos; ofender; zoar;humilhar; fazer sofrer; intimidar; amedrontar; empurrar; roubar; quebrar pertences; agredir; bater; ferir; isolar.
O Bullying é um problema mundial, sendo encontrado em toda e qualquer escola, não estando restrito a nenhum tipo especifico de escola.
A única maneira de se combater o Bullying é através da cooperação de todos os envolvidos: professores, direção, funcionários, pais e alunos.

terça-feira, 26 de maio de 2009

SEJAM BEM VINDOS.

Este espaço está reservado para construirmos o Dom Palmeira Virtual.
Junte-se a nós.

São João na Escola

Será realizado no dia 19 de junho o São João da Escola Dom Palmeira, que contará com presença do alunado, professores, direção. E contará este ano com barracas vendendo comidas tipicas para angariar fundos para as turmas concluintes do 9 ano. Não percam!!!
Será realizado no próximo dia 07 de julho de 2009, a culminância sobre o Meio Ambiente. Este evento contará com a presença de todos os alunos e professores.